Por que as mulheres têm mais infecção urinária que os homens?

Você já ouviu dizer que as mulheres tem até 30 vezes mais chances de contrair infecção urinária do que os homens? A bactéria responsável pela infecção urinária é muito rara nos homens, sendo assim, as mulheres contraem a doença muito mais do que eles. Quer entender o porque dessa diferença toda? Fique por aqui, vou te explicar isso nos próximos minutos.

A forma mais comum de infecção urinária é a infecção da bexiga, também chamada de cistite. Sete em cada dez mulheres vão ter pelo menos um episódio de infecção urinária ao longo das suas vidas. E em 90% dos casos, uma bactéria chamada Escherichia coli é a responsável por essa infecção. A Escherichia coli é uma bactéria que vive naturalmente nos nossos intestinos. Lá, ela não provoca qualquer tipo de sintoma, infecção ou doença.

O problema surge quando essas bactérias conseguem migrar do intestino para a região genital. Quando a Escherichia coli se aloja na região genital da mulher basta ela passar pela uretra para causar nas pessoas o problema da cistite. E é nesse ponto que mora a maior diferença entre rapazes e moças. As bactérias que se alojam no intestino atingem muito mais os órgãos genitais das mulheres do que os homens.

As características anatômicas femininas aumentam o risco de risco de infecção urinária. No inicio da formação de uma infecção urinária acontece a migração de bactérias intestinais para a região genital. Para que essas bactérias consigam chegar até a região da bexiga elas precisam primeiro ocupar o redor da região da uretra, que é o canal por onde passa a urina. Aqui então é onde começa a desvantagem feminina, a distância nos homens entre ânus e uretra varia de 8 a 12 cm. Nas mulheres essa distância cai para 5 cm no máximo. Ou seja, a bactéria precisa percorrer bem menos espaço nas mulheres.

Porém isso é apenas metade do percurso, porque após entrar na uretra e bactéria precisa chegar até a bexiga. E aí notamos a segunda diferença entre homens e mulheres. A uretra da mulher mede mais ou menos 4cm, já a uretra masculina mede em média 20cm de comprimento.

Além do que citei acima existem outros fatores que não favorecem as mulheres. Nelas a entrada da uretra esta localizada acima da vagina (que é uma região muito úmida), o que já ajuda na proliferação de bactérias. O que isso quer dizer? Quer dizer que ao chegar ao redor da uretra feminina, a bactéria Escherichia coli encontra um local muito mais fácil de se procriar.

E como se tudo isso não fosse o suficiente, nos homens a próstata produz naturalmente substâncias anti-bacteriana, o que ajuda a acabar com as bactérias que causam a infecção. Por todos esses motivos esse tipo de infecção afeta muito mais as mulheres do que os homens.

Receber sexo oral com frequência pode provocar infecção urinária?

melhor maca peruanaInfelizmente a resposta para essa pergunta é positiva. Sim, as mulheres podem sofrer com infecção urinária com mais frequência ao receberem sexo oral. Isso acontece porque o pH da vagina é totalmente ácido enquanto o pH da saliva é alcalino.

Dessa forma ao receber sexo oral a mulher fica propícia a proliferar germes e bactérias vaginais.

O que os médicos recomendam é que depois da relação sexual as mulheres devem realizar a higienização da vagina com água e sabonete íntimo. Os sabonetes íntimos devolvem a vagina a acidez correta visto que contém o pH adequado pra isso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *