Como ajudar minha criança a emagrecer?

Porque o meu filho não vai fazer parte da epidemia mundial de obesidade infantil e o teu filho também não precisa fazer parte! E se depender de mim você pode contar comigo, porque isso não vai acontecer!

Está bom? Algumas mães querem dar Orlistat para crianças, querem saber se Orlistat Emagrece Mesmo?

Se o seu filhotinho tem 3, 4, 5, 6 anos, você é que precisa fazer alguma coisa para que ele não engorde mais.

Porque a gente não pode esperar, você como pai ou mãe, que a criança tenha consciência de que tem que parar de comer tanto sorvete ou tanto pão porque está engordando.

Ela não tem, quando ela tiver essa consciência, ele já pode resolver o problema dele, mas até lá o problema é seu!

O seu filho está gordinho porque você deixou que o seu filho tivesse hábitos ruins e chegasse nesse ponto!

Por isso, bora lá corrigir isso! Não é o fim do mundo! E sabe de uma coisa, provavelmente um dos pais também está na faixa do super gostosão, ou mais que fofinho sabe?! Aquele pneuzinho que já passou do ponto!

Por isso, para te ajudar a não deixar o seu filho, neto, sobrinho, enteado, a crescer gordinho e virar um adulto obeso, você precisa…

Crie regras

Primeiro: criar regras! A primeira dica que eu te dou é a regra da sobremesa. Para ele comer a sobremesa doce ou o pudim que você
fez ou o pedaço de chocolate que ele quer precisa de comer uma fruta. Uma maçã, uma banana, uma pera, a fruta que ele gostar.

Então, imagina, comeu a maçã pode comer um pedaço do pudim, quer outro pedaço de pudim, vai comer outra fruta, vai comer
uma pera. O que acontece é que ele vai enchendo a barriga com alimentos nutritivos doces que tira aquela tara que dá vontade de comer todo o doce do mundo.

E você não está dizendo que não pode comer, está dizendo assim: “Claro que você pode, amor, comer o sorvete, primeiro a maçã.” “Quer outro chocolate?! Então tem de comer uma pera.”

“Não consegue comer a pera?! Como é que vai comer o chocolate?!” Sacou?! É por aí… Comigo funciona. Agora segunda: Se a sua criancinha está gordinha provavelmente gosta de comer, certo?! Por isso você para ajudá-lo precisa mostrar para ele ou ajudá-lo a apreciar a comida…

Quando está comendo, focar na comida. Se a criança que gosta de comer estiver fazendo outra coisa enquanto come, ou seja, duas coisas que dão muito prazer: ver um desenho e comer comida.

Ele só vai parar de comer quando acabar o desenho e se ele tiver ainda necessidade de prazer, de consolo, de conforto, de alguma forma, ele vai querer ver outro desenho para poder continuar comendo.

E isso não é legal. Porque ele vai aprender isso e crescer e fazer isso no futuro. Ele vai virar um adulto obeso. Por isso, hora de comer prestar atenção no que está comendo, sente o cheiro do que está comendo, olha a cara do que está comendo, o aspecto da coisa, prova, come devagar, mastiga, e não distrai! Ok?

Isso vai ajudar bastante a sua criança a ficar satisfeita com a comida e não com aquela sensação de que “comi bastanteee”, tem que abrir o botão da calça, entendeu? Ou então que só está satisfeito quando atolar.

Ah! Outra dica super legal é isso! Não obrigar a criança a comer tudo o que está no prato. Não ajuda o seu filho a perceber quando a
fome passou. Ele vai comer tudo o que está no prato, seja um elefante ou pouca comida.

Se você quer que o seu filho saiba se alimentar é importante que quando ele disser: “mamãe eu já não quero mais”. Foi guloso em por muita comida, ok! Mas se ele já não quer mais, você tem que respeitar esse Stop que ele está te dando: “não quero mais…”

“Ah mas pôs no prato vai ter que comer!” Come na próxima refeição para não jogar comida fora, que também não pode desperdiçar comida. Não é para comprar o que não é para comer!

Simples! Entendeu? Por isso, se não pode dar para a criança, se a criança, não pode comer bolacha recheada porque é que está no armário a bolacha recheada? O que acontece é que para evitar comprar besteira, você tem que ir para o supermercado de barriga cheia.

Como não comprar besteiras no mercado?

Por exemplo: você não vai fazer compras, nem com ele nem sem ele, antes do almoço.

Fazer compras antes do almoço ou antes do lanche é sinônimo de comprar besteira, de comprar o que você normalmente se estivesse satisfeito e sem fome não compraria.

É seguir a lista! Para seguir a lista que você faz para ir no supermercado, basta estar satisfeito, de barriguinha cheia, que você não vai comprar porcaria nenhuma porque você não vai ter vontade disso.

E se você não vai ter vontade naquela hora, você nem vai lembrar porque nem vai estar no teu armário. “O que os olhos não veem o coração não sente”, Já ouviu essa? É por aí…

Porque a gente não tem má intenção, nós não temos más intenções quando compramos aquilo que já sabe que os nosso filhos gostam. Mas nem sempre é o que eles precisam! Entendeu?

E essa história das modificações que você vai fazer, que eu te disse para fazer para alterar a alimentação, é um segredo, a criança não tem que saber isso…

Porque só cria ansiedade, que diferença vai fazer ela saber “Porque está gordinho todo o mundo tem de comer salada”. Não importa!

É um segredo, ela nem vai perceber que as coisas vão mudar… E se a regra da casa é assim, nós somos uns animais que se adaptam às regras e vai ser normal.

E é legal fazer todo o mundo fazer a mesma coisa, não pode é colocar a criança de dieta e todo o mundo comendo porcaria.

Porque porcaria é porcaria ninguém tem que comer, nem sei porque vende! Preciso que você me diga se funcionou contigo, escreve nos comentários, por favor!

Comigo funcionou muito, espero que contigo funcione, se não funcionar contigo, me diz, que eu vou inventar outra técnica pra você ok?! Está bom? Combinado? Estamos juntos, você não está sozinho!

As crianças choram para conseguir o que querem, mas se a criança quiser muito atravessar uma rua super movimentada e chorar e espernear e se jogar no chão você vai deixar a criança atravessar a rua super perigosa?!

Hum, é mais ou menos isso. Com consequências ainda piores, na minha opinião de nutricionista. Se a criança se joga no chão porque quer muito comer 10 pirulitos ou quer comprar aquela caixa gigante de chocolate e se joga no chão e esperneia, que se dane!

É muito melhor, a saúde dela, do que a porcaria da caixa de chocolate que ela chorou naquele momento, e daqui a pouco ela nem liga. E não espere que ela tenha consciência e te peça desculpa do escândalo que fez, não vai!

Mas você, porque é pai e é responsável é que tem que falar: “Eu te amo e por isso chore! Chore, baba e ranho e… não te dou!” Eu faço assim, eu sou má mesmo, general! Mas e daí?! Sou mãe, mãe é ruim! 🙂

Leia mais sobre: orlistat emagrece